Blog de empréstimos online

Financiamento para investimentos pessoais, estudos, ... O dinheiro não deve deixar de tornar seus planos realidade.
Como explicar emprestimo online agora
26 ago 2018

Como explicar emprestimo online agora para uma criança de 8 anos

As crianças de hoje em dia estão cada vez mais inteligentes e engajadas com a vida financeira da família, participando ativamente tanto da entrada de ganho quanto da saída de dinheiro. No entanto, assuntos como o emprestimo online agora ainda podem ser mais complexos e complicados para elas.

Se você deseja que seu filho, filha, ou qualquer outro parente de 8 anos entenda melhor sobre o mundo das finanças, é essencial explicar também sobre como funcionam os empréstimos. Para facilitar a compreensão, nós separamos alguns tópicos sobre como você poderia falar no assunto com a criança em questão.

A educação financeira começa em casa, independente da idade ou condição financeira

Qualquer família, por menor que seja seus rendimentos, tem o dever de ensinar aos filhos sobre o uso do dinheiro. A conscientização por meio de mesada ou recompensas por bom comportamento são algumas das formas mais utilizadas pelos pais, tendo em vista que os filhos só poderão trabalhar, de fato, durante a adolescência.

Não tenha medo de deixar as crianças lidarem com dinheiro, apenas oriente e mostre o caminho certo para que elas tenham suas próprias experiências financeiras. Dessa forma elas desenvolverão a capacidade de administrar seus ganhos e gastos, mesmo que tenham acesso somente a pequenas quantias.

Além disso, seja sempre um bom exemplo, elas o terão como referência até a vida adulta. Pode ter certeza de que suas ações influenciarão positivamente (ou negativamente) na vida das crianças e poderão definir todo um futuro com simples passos.

Explique para a criança como o dinheiro funciona de forma geral

Muitas crianças têm dificuldade de entender o valor do dinheiro, e pedem para que os pais comprem tudo que passa pela frente de seus olhos. É responsabilidade sua falar sobre dinheiro e o seu valor, seu funcionamento. Lembre-se que a criança não nasce sabendo e você será sua referência financeira até que ela cresça e possa morar sozinha.

Comece explicando que o dinheiro funciona como uma troca: você troca seu tempo de trabalho para adquiri-lo e então troca o dinheiro por algo que você precisa, podendo ser algo relacionado às suas necessidades ou aos seus desejos. Faça com que a criança lide com dinheiro, dando a ela essa oportunidade através de uma mesada. Estimule-a a fazer planos com o dinheiro, desde a compra de algo imediato até compras a longo prazo.

Fale sobre as diferenças do dinheiro e do cartão de crédito na prática

Diga para a criança como o dinheiro vale perante a sociedade e como o cartão vale diante de estabelecimentos e lojas. Explique que o dinheiro que está na mão já foi conquistado, e o dinheiro do cartão de crédito é o dinheiro do amanhã, de forma que ainda não pertence a pessoa, é emprestado.

Fale sobre o uso do cartão e sua utilidade em compras maiores, que permitem o parcelamento do valor total, e a oportunidade de adquirir de imediato algo que só seria possível depois de muito tempo de espera e trabalho. Fale sobre os pontos negativos e positivos de usar o cartão de crédito, além das consequências de não pagar a fatura do cartão em dia.

Conscientize-a sobre a importância de poupar dinheiro para não passar apuros

O entendimento do valor do dinheiro deve acontecer desde cedo, para que a criança torne-se um adolescente e, consequentemente, um adulto responsável e equilibrado. Se a família consegue manter a saúde financeira, com certeza terá condições de ensinar tranquilamente aos filhos ou parentes a melhor forma de lidar com o dinheiro.

E quando se fala nisso não se pode deixar de falar em poupar, criar uma poupança. Nem sempre iremos receber a mesma quantia e precisamos estar preparados para quaisquer eventualidades. Você pode exemplificar para a criança deixando de pagar sua mesada em meses sortidos, assim ela poderá poupar para não ficar sem dinheiro quando precisar, além disso, não precisará depender de você sempre para progredir em suas finanças.

Conte como funciona o emprestimo online agora, suas vantagens e desvantagens

Esconder essa opção não vai evitar que um dia a criança solicite um empréstimo. A questão aqui é mostrar os pontos positivos e negativos de pegar um empréstimo e em quais situações a contratação de um empréstimo deve ser considerada.

A criança precisa entender que, assim como o cartão de crédito, o dinheiro de um empréstimo é um dinheiro que não pertence a ela, é um dinheiro cedido, emprestado. Além disso, ela precisa entender que há juros e prazos que precisam ser honrados a partir do momento que o contrato é assinado.

Caso contrário, a ‘’punição’’ é aplicada. Você pode, por exemplo, estimulá-la a pegar um dinheiro emprestado com você, além do dinheiro que ela recebe em forma de mesada, para comprar algo que ela queira muito. Você determina para ela um prazo de devolução desse dinheiro e os juros que deverão ser pagos caso ela não cumpra com o combinado.

Bom, viu como não é complicado falar sobre finanças com uma criança? Você pode dar exemplos bem lúdicos, dentro da realidade em que a criança vive, apenas utilizando o valor que ela recebe da mesada mensalmente. Acompanhe o planejamento da criança, entenda com o que ela gasta, o que ela deseja comprar e esteja ali pra mostrar sempre o melhor caminho. Mas lembre-se: nada de interferir nas decisões que a criança toma.

Ela precisa vivenciar as próprias experiências para tirar as próprias conclusões sobre o mundo das finanças. As vezes é necessário errar ou perder dinheiro para que os pensamentos entrem nos eixos e tudo flua de forma melhor. No fim, se tudo der errado, ainda há a possibilidade de pedir um emprestimo online agora.